MEI e presença digital

Tempo de leitura: 7 minutos

Diante da pandemia do novo coronavírus, um cenário de incertezas também veio à tona. Muitas empresas estão se sentindo perdidas nesse momento, principalmente microempreendedores de diversos segmentos, pois vários deles precisaram suspender suas atividades em lojas físicas.

Para quem precisou fechar suas empresas, de forma temporária, precisou se reinventar, mudar o método de vendas e busca pelo seu cliente. Uma forma de não sofrer com a crise é investir no digital. Muitos empresários já haviam começado a trabalhar a presença digital de seus negócios, outros ainda tinham algum tipo de receio. O que muitos não imaginaram é que o marketing digital é o que salvaria suas empresas de uma crise pior.

Sabemos que para muitos trabalhar com marketing é um desafio, seja por questão de conhecimento, pois o mesmo requer isso para ser implementado de forma eficaz, ou até mesmo tempo para realizar esse tipo de ação. Porém, trabalhar o digital virou questão de sobrevivência e deve ser trabalhado isso na sua empresa.

Ter sua própria empresa nunca foi fácil, ainda mais no contexto atual, o quanto antes você aderir ao marketing digital para alavancar suas vendas, melhor será seu resultado. Precisas ter em mente da importância que é construir seu nome na web, e como isso fará a diferença para sua empresa. Marketing digital hoje é essencial para todo tipo de negócio e não seria diferente para o MEI, principalmente para quem está iniciando seu empreendimento.

No início não é tarefa fácil, pois o marketing não é uma ciência exata, para isso é necessário conhecer sobre o tema. Por isso abaixo vamos abordar alguns pontos importantes para você ir se adaptando ao assunto.

Estratégias iniciais e implementação

Antes de tudo, conheça e aprofunde seu entendimento sobre marketing digital, nos artigos anteriores já falamos sobre o mesmo, também existem cursos online gratuitos sobre o tema (também temos post falando quais), e comece logo trabalhar sua presença digital, comece com ações mais simples até possa evoluir, por isso, abaixo, selecionamos algumas ações práticas que poderás implementar de imediato na sua empresa:

1 – Marketing pessoal

O microempreendedor geralmente toca sua empresa praticamente sozinho, ele quem cuida da produção, fornecedores, criação, faturamento, logística, entre outras atividades inseridas para a mesma pessoa. Realmente são muitas funções numa pessoa só! Por isso, com uma rotina muito agitada, muitos acabam esquecendo de trabalhar o marketing pessoal.

Marketing Pessoal é uma estratégia que utiliza as ferramentas do marketing tradicional, seu foco é trabalhar na sua promoção individual, você como pessoa e não a empresa em si. O marketing pessoal fortalece o nome e a imagem de um profissional, com isso atraindo maior atenção e influenciando outras pessoas a enxergar você como referência.

O marketing pessoal é muito importante para um MEI, pois criando um networking eficaz, é possível redirecionar a rede de contatos para valorizar a sua carreira.

2 – Identificação do público-alvo

O publico-alvo é um grupo específico de consumidores que compartilham um perfil parecido, podendo assim ser direcionado o foco das ações de marketing e vendas para esse tipo de grupo, pelo fato deles estarem mais dispostos a comprar da sua empresa tal produto ou serviço que ela oferece.

Para começar qualquer trabalho de marketing você precisa ter o seu público-alvo bem definido, para que as ações implementadas obtenham resultados eficazes. Toda comunicação planejada precisa ser elaborada para um perfil específico. A definição no marketing é denominada como persona, que é o que vai definir as características das pessoas que a campanha deverá atingir, que é a quem se destina.

Quanto mais bem definida a persona, melhor será as ações das campanhas criadas para o público em questão. Por isso, busque analisar e entender que, são seus clientes, quais são suas dores e necessidades, o que os atrai e o que eles querem consumir, para destinar de forma assertiva suas ações de marketing digital.

3 – Presença digital

Esse tema é muito importante. Tornou-se mais essencial nesse momento de crise e instabilidade que estamos passando. Como falamos anteriormente, é questão de sobrevivência termos presença digital. Mas na prática como funciona?

É fundamental estar presente nos meios digitais, através das redes sociais, de sites e blogs. No entanto, não basta apenas criar uma fanpage, vai precisar gerenciar a mesma, produzir conteúdo relevante para seu público e que sejam de acordo com a persona destinada, analisar os resultados desde o início e corrigir ações que não estão tendo engajamento. Também tem a opção do e-commerce, onde você irá montar uma loja virtual para que seus clientes comprem de forma online, nessa modalidade podes usar as redes sociais para divulgar campanhas e ações que sua loja faça, atraindo mais clientes para a mesma (essa opção precisa ser estudada antes, pois será necessário controle de estoque, logística e análise dos preços a ser cobrado nos produtos, além de demandar mais ações de marketing para divulgação da mesma).

Ainda nesse tópico, reforçamos sobre a importância da presença nas redes sociais. Mantenha uma fanpage completa, com organização e bons conteúdos, além disso, também poderás participar de grupos e fóruns de discussão sobre os assuntos relativos ao seu ramo de negócio. Outro ponto importante: evite entrar em polêmicas ou conflitos nas redes sociais, isso pode gerar problemas com a sua reputação.

4 – Diferenciais do seu produto ou serviço

Hoje em dia muito falamos em como se destacar da concorrência, como se tornar relevante no segmento e fidelizar o cliente. Podemos observar, que muitos produtos ou serviços são semelhantes ou iguais, o que vai fazer que se destaquem frente aos demais é em relação aos diferenciais que seu produto ou serviço oferece para o consumidor. Use esses diferenciais como conteúdo de divulgação, mostrando o porquê que o cliente deve comprar de você e não do concorrente, quais são as vantagens, procure gerar confiança e credibilidade nas pessoas. É algo simples, mas quando bem colocado irá trazer bons resultados.

5 – Monitore os resultados

Após você começar a implementar ações de marketing digital, é importante que você monitore os resultados. Mensurar esses resultados é algo essencial para o sucesso das ações. As redes sociais e os outros canais da web possuem um grande benefício, que é a capacidade de mensurar os resultados. É possível analisar as métricas quase instantaneamente a sua publicação, analisando seu desempenho e verificando atitudes que possam melhorar resultados que não foram positivos.

Algumas métricas importantes são: ROI (Retorno sobre Investimento), o CAC (Custo de Aquisição por Cliente), CPC (Custo por clique) e a taxa de conversão.

6 – SEO – Search Engine Optimization

É considerado uma das principais ferramentas para se trabalhar no marketing digital. Essa ferramenta garante que seu conteúdo chegará até seu público-alvo. Em outras palavras ele atua no algoritmo do Google, fazendo com que a publicação e a página se posicione entre os primeiros lugares após uma busca da palavra-chave. É uma otimização para mecanismos de busca.

Utilizando uma boa estratégia de SEO vai permitir que o seu site, blog ou loja virtual se tornem mais conhecidos, fazendo com que ganhem autoridade no mercado, isso vai fazer com que recebam mais visitantes e aumentem as chances de conversões em vendas.

Ficou alguma dúvida sobre o tema? Vai começar a aplicar os conhecimentos adquiridos ainda hoje?

Diante do cenário atual, se você ainda não possui presença digital, comece a trabalhar para implementá-la logo! Assim você não perde vendas, deixa sua empresa ser conhecida por diversas outras pessoas e pode se destacar da concorrência. É essencial você se reinventar!

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.